Isto pode dar para o torto... #1

17:23 Suse 10 Comments


Quem é que nunca teve momentos na vida em que, de repente, começou a perceber que as coisas podiam correr todas mal e achar que poderia estar numa situação de risco ou algum perigo?

Se calhar sou eu que sou dramática, ou tento antecipar sempre o pior que pode surgir, mas lembro-me claramente de 4 ou 5 episódios na minha vida, uns mais graves que outros, que por momentos até a minha alma gelou ao pensar no que poderia vir a acontecer a seguir. É por isso mesmo que, em jeito de uma nova rubrica, vou contar-vos como foram essas histórias, pode ser deprimente pode ser só secante, ou até pode ser giro! Logo veremos, mas hoje começamos com:

A Vespa na Praia

Ok, se calhar esta é a menos grave de todas e a mais totó. Até nem é o melhor exemplo para começar, mas estou com preguiça e não quero escrever muito por isso é mesmo esta que vai!

Ora bem, eu tenho a sorte de nunca ter sido picada por nenhuma abelha, nem vespa nem nenhum bicho deste género. Sempre tive medo deles, sempre fugi ao avistar um, odeio essa merda a voar perto de mim!

Mas houve um dia, ai minha gente, um dia lindo, em que em que eu estava muito bem na praia. Quer dizer... muito bem salvo seja. Estava a apanhar uma seca descomunal como é costume, é que nunca tenho sono na praia, as pessoas com que vou decidem ser aborrecidas e fingem que dormem, eu fico sem ninguém com quem falar, ir à água não posso que tenho fobia, mexer no telemóvel também mal se consegue mesmo com a luminosidade no máximo ali na chapa do sol, tenho que estar a semicerrar os olhos feita louca para ver alguma coisa para o ecrã, então já estão a ver a onda, não estão? E não é a onda do mar, é mesmo a onda da situação em si. Ok eu calo-me, vamos prosseguir.
No fundo, estava ali apenas por estar, deitada de barriga para cima, sossegada, quando sinto qualquer coisa na barriga. Vou a ver e era uma vespa. UMA V E S P A!! !! !!

Nesse momento toda eu gelei e pensei: não importa o que eu faça aqui, esta caraças vai-me picar, não há volta a dar, vai ser hoje a minha primeira vez. E então, decidi fazer o que qualquer pessoa normal faria- levantar-me à pressa, com gritinhos histéricos e braços no ar, a fugir..

Até hoje nem sei como é que não fui picada.

Foi a maior sorte de sempre tendo em conta o meu comportamento. O alívio que foi aquilo ter bazado a voar para outra freguesia, gente nem imaginam!!

Claro que depois a vontade de me ir embora ainda ficou maior e foi o que fiz.

Esta primeira história, é uma das mais levezinhas, algumas que contarei são um bocadinho mais graves, mas também podem ser boas chamadas de atenção pelo menos!

Digam-me se já foram picados por estes bichos e se realmente dói tanto como toda a gente diz, no que depender de mim vou fugir deles todas as vezes.

10 comentários:

Entrevistas de emprego estranhas

16:52 Suse 10 Comments


Já falei aqui sobre uma entrevista de emprego dos horrores que tive há algum tempo, quem não leu pode espreitar aqui.

Ora bem, é óbvio que enquanto pessoa que já foi a umas quantas entrevistas, acabei por ter várias experiências diferentes. Há aquelas que correm bem, há as que correm mal, as que parece que correm bem mas afinal correram mal, os que querem oferecer contrato logo na hora, os que dizem que ligam e não dizem nada e, também, aqueles que tu nem te lembras que foste àquela entrevista e ligam passado imenso tempo a oferecer o lugar. Nisto encontra-se de tudo e conhece-se vários tipos de pessoa também.

Eu, por azar (ou sorte aqui para o blog) acabo por apanhar sempre gente muito louca, nos sítios onde menos se espera. E é mais um caso desses que venho contar hoje.

Então eis que decidi armar-me em pessoa pro-activa e enviar umas quantas candidaturas espontâneas. Fiz uma carta de apresentação e tal, tudo mais ou menos bonitinho, e comecei a enviar para ver se alguém tinha interesse em contratar-me. A minha primeira ideia foi pesquisar artigos de jornal sobre as empresas de excelência aqui da zona, que a menina não faz a coisa por menos, e toca de procurar os contactos das que me pareciam interessantes, e enviar.
Nem 20 minutos se tinham passado e recebo logo contacto a marcar entrevista para o dia seguinte às 9:30h da manhã. Estranhei a rapidez mas disse que podia obviamente e no dia seguinte lá fui eu.

Assim que chego lá percebo que a empresa tem agora outro nome e, vejo logo um vidro enorme partido, bem como pouquíssimos carros. Estão a ver a onda da coisa? Algo com um ar um bocado abandonado e tal, mas quando entrei fiquei mais tranquila- aquilo por dentro era tudo muito giro, não tinha nada a ver com o exterior.

Esperei um pouco, preenchi uma ficha de candidatura e, quando a entrevista começou com o dono da empresa, estava a ir tudo super bem, eu senti-me à vontade e estava descontraída. Tudo impecável! Até que ele olhou para o meu CV e disse algo como: Ah, realmente vi o teu currículo mal... achei que tinhas mais experiência do que isto, só agora é que me apercebi.

Não vou mentir, a minha descontracção desapareceu logo ali. Por dentro já estava a ficar danada até, porque senti que ele estava a desdenhar um bocado de mim, ainda por cima aquela porra era longe. Já estava mesmo a ver que tinha sido lá chamada ao engano, por falta de atenção deles e que me iam mandar embora e pronto. Algo que seria perfeitamente evitável se tivesse lido o CV como deve de ser quando eu o enviei.

Mas acontece uma nova reviravolta! Ele disse que mesmo assim gostou de mim e que gostava de me contratar, se eu quisesse começava logo! Parece como quando se anda a comprar carros usados, tenta-se sempre parecer pouco impressionado e apontar os defeitos todos para baixar um bocado o preço, mas no final acabamos por ficar com aquele carro na mesma.
Já estava novamente a ficar alegre, até que ele continua a falar e diz-me que tinha 7 estágios profissionais à espera de aprovação, ou já aprovados? Sinceramente nem o percebi bem porque começou a ser muito pouco claro. E no meio disto, refere que há uns meses teve que cortar um bocado no pessoal. Oi?! Eu é claro que perguntei logo porque motivos cortaram eles no pessoal. Ao que ele responde o óbvio- estavam em crise. Os poucos funcionários da empresa tinham salários em atraso há meses!! E depois, disse-me também, que não queria esperar pelo estágio profissional. E que não me podia contratar e, por isso, queria que eu trabalhasse para eles a recibos verdes e "ofereceu-me" um salário muito alto, mas que podia não conseguir pagar. E quando a esmola é de mais o pobre desconfia, não é verdade? No fundo, até me podia ter oferecido 2000 euros, que a ideia dele era sempre a de não me pagar no final, por isso o valor que ele diz ou deixa de dizer não interessa para nada.

Se isto vos parecer meio confuso é, porque na verdade é mesmo duvidoso. Nada do que eles diziam fazia sentido e, realmente, aquilo parecia-me uma empresa um bocado acabada. Acabei por agradecer mas dispensar. Percebi logo que no final só ia era gastar dinheiro e não receber nada de certeza, e aquilo era longe como tudo para eu acabar por ir fazer trabalho voluntário.

Claro que depois fez sentido para mim, porque eu guiei-me inicialmente por um artigo de 2013 sobre as melhores empresas, mas pelos vistos aquilo ficou mesmo mal de lá para cá.

Digam-me, estas coisas só me acontecem mesmo a mim, não é? Já passaram por algo semelhante?

10 comentários:

OOTD | Always take the scenic route

15:17 Suse 15 Comments













Dress- HERE

Finalmente cheguei com as fotos que vos tinha prometido!

Recebi este vestido da loja NewChic e fiquei super contente com ele, estava ansiosa para vos mostrar. Tenho visto muitos nas lojas físicas, assim dentro deste género, e adoro. Acho que é uma peça bem trendy para se usar nos dias de mais calor. É óptimo porque ele fica bem com qualquer coisinha, não é como aquelas peças que às vezes compramos só porque sim e, acabamos com elas jogadas a um canto porque é uma trabalheira achar algo que combine com elas!
Em relação à qualidade dele não tenho nada de negativo a apontar, é muito bom. E mais pontos extra por não ser transparente, que é quase uma raridade!

Não sei é o que se passa com o tempo nos dias em que decido fotografar. Estava uma ventania que não se podia! Já me pergunto se isto anda sempre assim nos outros dias e eu nunca noto, ou se é especialmente para as minhas fotos.
Os fenómenos atmosféricos sempre a quererem impedir-me de ser diva é algo que tem que acabar.

Como já podem ter percebido estas fotos foram tiradas pelo meu amigo David Sineiro, se quiserem conhecer mais trabalhos dele é só seguir a página dele AQUI!

EN:

Im finally here with the photos I've promised you in the last OOTD post!

I got this dress from NewChic online store and I was super happy with it. I was really excited to show you this one. I have seen many like this here in the stores, it's  a super trendy dress, and I love it! I think it's great to wear on hotter days and it's amazing how it looks so good with everything, it's nothing like those clothes that we sometimes buy and we end up throwing them in our closets and never reach for it, because it's a hassle to find something to wear it with.
Regarding the quality of it I have nothing negative to say, it's very good! And I'll give it more extra points for not being see through!

I don't know what happens with the weather on the days I decide to photograph. It was so super windy! I wonder if this is always like that on other days and I never notice, or if it is especially for my photos!

As you may have noticed these photos were taken by my friend David Sineiro, if you want to know more his work, just follow his page HERE!

15 comentários: