Aquela cena do pessoal se tocar

11:00 Melissa 32 Comments

Calma com essas mentes perversas que não me estou a referir a masturbação.
Porcos.


Quanto a vocês não sei, mas se há coisa que me aflige é contacto físico com pessoas com as quais não tenho qualquer tipo de afinidade.
E como este tipo de pessoas são como as pragas, atacam em bando e de formas variadas.


Pessoas dos abraços grátis

Ai, por favor, parem com isto.
Há uns anos um curso - que não sei qual era, mas também não quero saber que gente desta não me interessa - plantou-se em locais estratégicos da escola de forma a encurralarem o pessoal e abraça-lo.
Assim que os vi disse-lhes logo: Oh não! Por favor não me abracem!
Mas não tive sucesso. As pessoas dos abraços são piores que o pessoal dos arrastões, e quando damos por nós já fomos envolvidos por aqueles braços que parecem tenazes.

Fui abraçada por quarto pessoas. Quatro!
Claro que se atinge todo um outro nível quando um dos abraçadores tinha uma cabeça de rena (?) e era gestante.


Pessoas vossas conhecidas

Uma vez estava com umas raparigas da turma todas muito lindas e divertidas a conversar como pessoas normais, quando eu digo algo  - não me recordo o quê - e uma delas se vira para mim e diz:
- Oh, que fofinha! - e faz-me uma caricia na face.
...

Digo-vos, aquilo até me deu suores frios!


Putos que não são vossos familiares e pelos quais não sentem qualquer tipo de afeição


Não sei se já vos aconteceu serem monitores/supervisores/animadores/wtv ou simplesmente partilharem o mesmo espaço que um bando de miúdos, e quando dão por ela, já eles estão pendurados em vós quais macacos em galhos.
A mim já, e eu nem percebo bem porquê, porque como podem ver nem sequer sou muito simpática e muito menos encorajo este tipo de comportamento.


Mas digam-me, vocês são o tipo de pessoas que faz festinhas a simples conhecidos? Já fizeram parte do gang dos abraços grátis?
Não tenham vergonha, todos nós temos passados que gostávamos de não ter.

You Might Also Like

32 comentários:

  1. Eu sou mais como tu... Essas situações também me incomodam ahahha Adorei o post super bem escrito e divertido, como sempre!
    beijinhos
    http://direitoporlinhastortas-id.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  2. Eu cá contactos só com quem me é mesmo muito próximo! Aliás eu se pudesse acabava com os "dois beijinhos" que se passa a vida a dar (porque tem que ser!!)

    ResponderEliminar
  3. Também sou assim, a menos que a pessoa me seja muito próxima não gosto de tanto contacto :p
    http://rustorstardust.blogspot.pt/ **

    ResponderEliminar
  4. Também não sou muito de abraços a desconhecidos :)

    ResponderEliminar
  5. Existem abraços e abraços. Não discordo do que escreveu, mas há de se ter alguma tolerância para que também não fiquemos tão refratários ao que pode trazer intenção positiva.
    Cadinho RoCo

    ResponderEliminar
  6. Odeio que alguém que não me é próximo se aproxime muito ou me toque. Não sei porque é que em certas dinâmicas de grupo nos obrigam a dar as mãos, a agarrar este e aquele, a passar por cima ou por baixo de alguém. Odeiooooo (humm podia ter posto esta na Tag de hoje ahahah)

    ResponderEliminar
  7. Também não gosto de contacto físico com pessoas que não me dizem nada.
    Beijinhos
    http://virginiaferreira91.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  8. Postagem maravilhosa, mais fico chateada com aquela pessoa quer só fala
    com você enfiando o dedo o tempo todo na sua pele é um horror
    Curta e siga o meu canal:https://www.youtube.com/watch?v=3xZdo8xMv34

    ResponderEliminar
  9. Eu sou assim.. Nem tanto abraços mas beijinhos e etc..
    Não gosto de dar os tais "dois beijinhos" a minha família quanto mais aos conhecidos. E se eu tocar é em alguém que tenha muita confiança! Mas pronto à pessoas que não têm noção!
    Adorei o post ;p

    ResponderEliminar
  10. sou do team abraços grátis.... foi um dia só , era uma atividade que tinha mesmo de fazer... eheh mas também sou um pouco contra o contacto eheh beijinhos

    ResponderEliminar
  11. No Carnaval aconteceu-me uma miuda, filha de uma amiga da minha mãe (era a segunda vez que via a miuda) se sentar no meu colo e me dizer que gostava muito de mim. Quando fui embora porque tinha de ir ter com o meu namorado ela perguntou se também podia ir porque queria ver como é que eu namorava. WTF! xD

    ResponderEliminar
  12. Aw isso dos abraços é fofo... Nunca pertencia a nada disso, mas acho bonito mostrarmos o nosso afecto pelas pessoas :)

    *Beijinhos*
    Caty<3
    http://myfairytale4.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  13. Sou desse grupo de pessoas que detesssssssstas! ahahaha
    Só não gosto nada disso dos miúdos, grr!


    Em resposta ao teu comentário: se visses fotografias da viagem a maioria seria de comida deliciosa! Acho que engordei 10kg durante a semana de tanta comida boa! ahah Houve momentos em que fiquei chateada por não ter a máquina comigo, a arquitetura é linda e fui a restaurantes com decorações super bonitas para fotografias :)

    Beijinhooooooos*

    ResponderEliminar
  14. eu também sou um pouco como tu, prezo muito o meu espaço pessoal, aquela bolha imaginária que me rodeia :p
    esse episódio dos abraços grátis pareceu-me coisa suficiente para suscitar um ataque de pânico, ahahhah

    beijinhos *
    eighteen and a life

    ResponderEliminar
  15. Sou como tu :) até porque no início não dou muita confiança a ninguém :)
    http://retromaggie.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  16. Também gosto que toda a gente fique longe de mim xD mas nao é por mal.
    A minha irmã ta sempre ao pe de mim e a dar me abraços e eu tou sempre a mandá-la embora. Eu odeio tar a cumprimentar pessoas com beijinhos, sempre fui assim, mesmo a familiares. Os free hugs nao me fazem confusao, ate pq so recebi um e foi de um amigo meu (bem jeitoso ;) só para esclarecer ). Acho que sou mais comichosa com beijinhos e nao tanto com abraços (os da minha irma sao excepção xD porque ela abusa )
    Com putos pequenos nao me faz confusão se souber quem são. Já fui instrutora num curso de nadadores salvadores pa putos e havia uma menina muito fofinha que andava sempre ao pé de mim.
    Resumindo, adoro que fiquem longe de mim no que toca a cumprimentos com beijinhos, mas com abraços há excepções :)

    calicath.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  17. Também não gosto nada do contacto com pessoas desconhecidas...cheguem-se para láa =P

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  18. Ahah isto fez-me recordar uma situação engraçada na faculdade : Tinha uma colega que queria cumprimentar toda a gente com beijinhos no primeiro dia e não conhecia ninguém. Então ela organizava uma fila de pessoas e ia dando um beijinho uma por uma.. Chamavam-lhe a M. Dos beijinhos, acho que já se deixou disso :P
    Beijinho* (salvo seja ahah)

    susieandfashion.blogspot.com

    ResponderEliminar
  19. A desconhecidos desconhecidos não, mas sou uma pessoa de tocar muito, mas não é por mal e só às pessoas mesmo chegadas :)
    Gosto tanto deste tipo de post aqui no vosso blog xD
    Beijinho!

    Oh Alexa

    ResponderEliminar
  20. A mim acontece-me isso com beijos. Juro que odeio ter que cumprimentar pessoas com beijos, para mim um hi5 está perfeito! :p
    xoxo

    The Insomniac Owl Blog | Instagram | Facebook

    ResponderEliminar
  21. Ahahah, também detesto essas coisas! E aquelas pessoas que quando falam não param de te tocar no braço? Jesuss xD

    ResponderEliminar
  22. Eh pá e não é que me ri, mesmo muito! Já fiz parte do gang do abraço, quando andava na faculdade. Foi um dia só, na Rua de Santa Catarina no Porto, eu só filmei e as minhas amigas deram os abraços, hihi.

    Ana, A Policromia
    A Policromia no Facebook

    ResponderEliminar
  23. Também sou assim! Eu fujo a sete pés desses grupos de abraços haha. Ri-me imenso com o texto xD
    beijinhos
    thefancycats.blogspot.com

    ResponderEliminar
  24. Que medo, principalmente da festinha na cara. As minha colegas chamam-me bicho do mato por variadas razões e uma delas é por não gostar de abraços ahah Para mim abraços só acontecem quando as pessoas vão ficar meses ou anos sem se verem, não é "ah, dá cá um abracinho porque me apetece" ew ew ew
    E cumprimentar com beijos ainda é pior, parece que não vivi numa família portuguesa. Sou tão awkward em relação a isso, por que não acenar ou no máximo apertar a mão? (Lembro-me que quando era pequena, mal cumprimentava uma pessoa limpava logo a cara xD)
    beijinhos!
    http://thedipsystyle.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  25. Isso dos putos é que me lixa <.< Gosto do toque ocasional e com propósito, agora de resto gosto do meu canto, tanto que a minha irmã me dedica a ''não me toca'' sempre que a música dá <.<

    ResponderEliminar
  26. Subscrevo inteiramente, esse tipo de situações são super awkward!

    ResponderEliminar
  27. eu faço parte do gang dos abraços gratis e mimos de borla. não sei, é mais forte do que eu.. pronto, já confessei. beijinho

    Blog | Facebook | Twitter

    ResponderEliminar
  28. Já estive nos dois lados, e sou sempre aquele que ficava cá atrás. Odeio mas odeio mesmo que alguém conhecido (ou não) me dê assim do nada um abraço e se não gosto que me façam, também não faço. Prefiro mil vezes um aperto de mão. A única pessoa que me pode abraçar sem problemas é o meu namorado. De resto, mais ninguém.

    ResponderEliminar